quarta-feira, 4 de julho de 2012

Dores nas pernas – O que pode ser?





 
Pessoas sofrem com constantes dores nas pernas e problemas precisar ser identificados para tratamentos adequados e melhora nos quadros





Dores nas pernas podem se tornarem insuportáveis
se não forem tratadas a tempo
Ninguém pensa, mas as pernas são partes do corpo muito utilizadas durante o dia. Independente da pessoa caminhar ou não, ter atividade física intensa ou não, as pernas sentem todo os impactos do dia-a-dia. Ainda existem aqueles que pensam:

_ Eu não vou ter nunca problemas nas pernas, porque mau caminho!

Esses podem ficar receosos, porque não movimentar as pernas regularmente pode causar dores e criar problema, assim como aqueles que a usam demais. Para identificar melhor os problemas de dores nas pernas, o Proporção de Vida criou um post muito legal que irá lhe ajudar muito. Vamos a ele!

Informações baseadas no site .amominhaspernas.com.br

Quando uma pessoas está com problemas nas pernas, os sintomas principais são pernas pesadas, cansadas, doloridas e inchadas, sensação de formigamento ou cãibras na panturrilha. Todos esses sintomas remetem a problemas de circulação, nas veias da região. Como a perna é formada por diferentes regiões, veias, ossos, músculos e cartilagens, as dores podem ser localizadas e ter diferentes sentidos. Uma dor no joelho pode ser excesso de exercício; no tornozelo, um pequeno torção que você não sentiu; enfim. A dica é você sempre identificar e contar par ao médico o local exato das suas dores e a intensidade dela. Ele vai lhe indicar se essas dores são localizadas ou gerais. Assim lhe indicará o melhor tratamento.

Principais sintomas de dores nas pernas.

Peso, cansaço das pernas: A pessoa fica com tamanha fadiga que não consegue sequer ficar em pé. Pensa a todo momento em sentar-se para confortar a região.

Dores nas pernas: Segundo os médicos, é uma sensação de que a dor está dentro e fora das pernas.

Inchaço nas pernas: Quando as pernas estão em tamanho maior que o convencional. Pode acontecer também de uma perna estar inchada e a outra não. Em alguns casos, o inchaço acontece em regiões localizadas. Isso pode ser uma pancada sofrida alí e não um problema geral.

Veias varicosas (ou varizes) visíveis: Quando as veias podem ser vistas na pele. Elas ficam em tonalidade azul, acompanham o inchaço da perna e saltam, fazendo um relevo na pele. Nesse caso, a procura médica precisa ser rápida e o tratamento com ele é o mais indicado.

Sensação de formigamento nas pernas: Acontece a coceira da perna e a pessoa ficam com uma inquietação.

Cãibras na panturrilha: A Cãibra também é conhecida como espasmo. Ela acontece com a flexão e alongamento dos músculos da perna. Podem acontecer constantemente sem que a pessoa se dê conta e em alguns casos são muito doloridas.

Articulações doloridas: Muitas pessoas têm problemas com as articulações da perna, que são os joelhos e tornozelos. Isso pode vir com o tempo ou ser fruto de uma pancada no local.

Retenção de líquido: O Inchaço nas pernas também pode ser sinônimo de retenção de líquido.

Como combater os sintomas de dores nas pernas.

Peso, cansaço das pernas: Alongamento e aquecimento antes do trabalho ou da atividade física são fundamentais para evitar esse problemas. A dica é sempre alongar com calma e depois ir para a atividade. A pessoa também precisa descansar as pernas sempre que tiver tempo, seja no trabalho ou na academia. Nunca force demais uma região do corpo por muito tempo. Mais cedo ou mais tarde você sentirá um problema.

Dores nas pernas: Se a dor na perna apareceu, é porque fez algo de errado e forçou-a demais. A dica é procurar um médico que lhe indicará medicamentos adequados para combate imediato da dor.

Inchaço nas pernas: Os inchaços na perna são combatidos com repouso. Se a pessoa continuar forçando a perna inchada, pode ter problemas piores no futuro. A dica é repousar e sempre lembrar que o sono precisa estar em dia. Todos precisam dormir bem.

Veias varicosas (ou varizes) visíveis: As varizes não possuem apenas problemas estéticos. Ela podem prejudicar a corrente sanguínea. Por isso, quando elas começam a aparecer, a busca por um especialista é fundamental para os melhores resultados aparecerem e elas sumirem.

Sensação de formigamento nas pernas: O formigamento pode acontecer por a perna ficar na mesma posição por muito tempo. Sentar e se acomodar nas diversas situações do dia-a-dia de maneira confortável é a melhor dica.

Cãibras na panturrilha: Ela ocorre devido a fadiga muscular. Então a dica é não fazer exercícios que exijam muito de você. Vá no seu tempo. Alguns alimentos, como a banana, previnem as cãibras. Consuma-os mais vezes que elas podem acabar.

Articulações doloridas: Os alongamentos antes da atividade auxiliam na melhora das articulações. As pessoas com sobrepeso também podem comprometer mais as articulações. Alimentação saudável e prática regular de exercícios é sempre indicado.

Retenção de líquido: Tome bastante água, se alimente bem e repouse as pernas. Se exigir muito delas durante o dia, logo ela cansará e não poderá mais lhe ajudar 100%.

Quando as dores nas pernas aparecem?

As dores nas pernas são comuns quando praticamos exercício em excesso ou quando trabalhamos muito com elas. Se usarmos ela na medida certa ( Proporção de Vida), não teremos maiores problemas. Tudo na vida, em excesso, faz mal. Isso é uma grande verdade. Em se tratando das pernas, não podemos deixa-las somente paradas nem exigir demais. Tudo precisa vir na proporção adequada.

O que fazer para evitar dores nas pernas?

Veja o quanto você as utiliza diariamente. Se você não as usa, desenvolva junto com um profissional de educação física, um treinamento diário, para que a perna ganhe condicionamento e adquira melhor musculatura. Caso você já as use muito, desenvolva um programa diferenciado, onde você as relaxe após o trabalho. Você precisa viver em equilíbrio, sempre.

Gravidas e as dores nas pernas.

A gravidas costumam ter dores nas pernas e isso é comum, devido ao aumento rápido de peso. A mulher tem o corpo adaptado para suportar uma demanda e, de repente, ganha de 10 a 15kg. Aí o corpo e, consequentemente, as pernas sentem a mudança. A palavra de ordem nessas horas é repouso e uma boa massagem no final da noite, antes de ir dormi. A mamãe ficará relaxada e sentirá menos dores. As grávidas também podem usar meias elásticas, que evitam até as varizes.

Medicamentos para dores nas pernas.

Não existe site nenhum na rede que possa lhe indicar o remédio adequado para o combate a dor. A auto medicação vem fazendo vítimas constantemente. Quando sentir dores nas pernas, vá ao médico de sua confiança. Ele terá seu prontuário, lhe fará exames e perguntas, e então, lhe dará o melhor tratamento.

Vídeos sobre dores nas pernas.



Receba por e-mail